Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Libertado rapaz que usou ponto eletrônico em exame da OAB

Foi libertado ontem, à noite, o bacharel em Direito, Rodrigo Vieira Andrade, acusado de tentar fraudar o exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no domingo, em Santos. Ele conseguiu alvará judicial e responderá em liberdade processo por estelionato. Andrade, de 28 anos, foi flagrado usando um ponto eletrônico para colar. Na tentativa de esconder o aparelho, engoliu o ponto eletrônico. A denúncia partiu de outro candidato que estava próximo ao acusado.Segundo Armando de Matos Júnior, fiscal da prova, o rapaz ficou muito nervoso e acabou confessando. A polícia encontrou com Rodrigo duas baterias que estavam dentro de um tubo plástico e um cotonete. O candidato foi levado para o Pronto Socorro, onde tirou uma radiografia do abdôme.Ele contou aos fiscais que pagou R$ 15 mil pela cola eletrônica a uma empresa preparatória para os exames da OAB. Depois da prova, ele ainda teria de pagar outros R$ 15 mil. De acordo com a coordenadoria estadual da OAB, se houver indícios de fraude, a prova de Santos poderá ser cancelada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.