Liminar acaba com isenção nos pedágios do Paraná

A disputa em torno da cobrança de pedágio no Paraná trouxe mais uma derrota para o governo do Estado hoje. O desembargador Paulo Roberto Hapner, do Tribunal de Justiça do Paraná, concedeu liminar às seis concessionárias, suspendendo a isenção das tarifas para veículos emplacados nos municípios onde estão as praças. A cobrança deve ser retomada já no início da madrugada de amanhã. O governo do Estado pretende recorrer da decisão no início da próxima semana. A isenção foi aprovada em lei pela Assembléia Legislativa, passando a vigorar na última terça-feira. "Se o governo tivesse bom senso e aceitasse nosso permanente convite à negociação, todo esse desgaste poderia ser evitado", disse o presidente regional da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR), João Chiminazzo Neto. "Também estamos dispostos a conversar, mas os parâmetros têm de ser estabelecidos", afirmou o secretário dos Transportes, Rogério Tizzot. "Os usuários têm de ser beneficiados."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.