Liminar mantém delegação de cartório

O STF deu liminar que retira o 4.º Tabelionato de Notas de Maringá da lista de cartórios vagos feita pelo CNJ. O cartorário alegou ter sido nomeado antes da Constituição de 1988, quando se passou a exigir concurso público para essa delegação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.