Linha de trens volta a funcionar depois do descarrilamento

O problema causado pelo descarrilamentode dois vagões de um trem de passageiros da linha B (Júlio Prestes - Itapevi) da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), esta manhã, perto da estação Imperatriz Leopoldina, em Osasco, na Grande São Paulo, já está parcialmente resolvido. De acordo com a assessoria de imprensa da CPTM, A via de número 1, entre as estações Imperatriz Leopoldina e Domingos de Moraes, na Linha B (Julio Prestes ? Itapevi) foi liberada às 17h45 desta quinta-feira. O intervalo entre trens na Linha B será de 15 minutos. A outra via, de número 2, deve ser entregue pelas equipes de manutenção na madrugada de amanhã.A CPTM continua realizando manutenção preventiva e trocando dormentes, nas 24 horas do dia. Já foram liberadas, do Pronto Socorro da Lapa, as cinco pessoas tiveram escoriações leves.

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2004 | 19h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.