Linhas Vermelha e Amarela preocupam PM do Rio

Traficantes voltaram a se reunir em "bondes" (comboio de carros) e trocaram tiros com policiais militares na confluência das vias expressas Linha Vermelha (zona sul-Baixada Fluminense) e Linha Amarela (zona norte-zona oeste), na madrugada desta sexta-feira. O confronto ocorreu apesar de o comandante da Polícia Militar, coronel Francisco Braz, ter divulgado que intensificaria o policiamento nas vias para coibir a ação de traficantes. Um sargento foi ferido por um tiro de fuzil e uma granada teria sido explodida.A troca de tiros ocorreu próximo à favela Vila dos Pinheiros. Foi nas imediações da favela que a deputada estadual Graça Pereira (PTdoB) e o marido, o vereador Jorge Pereira (PFL), sofreram dois ataques, na madrugada de anteontem. Os policiais do 22.º Batalhão da PM (Benfica) patrulhavam as vias e se preparavam para voltar para o posto de policiamento comunitário da favela, quando traficantes em pelo menos quatro carros passaram atirando.Motoristas que passavam pelo local deram marcha à ré para escapar dos disparos. Dois veículos foram alvejados. Um dos tiros atingiu o braço direito do sargento Luiz Carlos de Oliveira Santos, que foi atendido no Hospital Geral de Bonsucesso e liberado em seguida. Apesar do conflito, o comandante do Batalhão de Policiamento das Vias Especiais, tenente-coronel Pedro Paulo da Silva, disse que a noite na região foi ?uma maravilha?.Acidente - Desde a noite de anteontem, policiais do Batalhão de Operações Especiais ocupam acessos de favelas do Complexo da Maré e auxiliam no policiamento das vias expressas. A dupla de cantores Sandy e Júnior também sofreu um acidente na Linha Amarela, ao tentar escapar da ação de criminosos. Ontem de manhã, o coronel Braz percorreu as linhas Vermelha e Amarela. ?A confluência dessas vias se tornou um ponto nevrálgico, um calcanhar de Aquiles, que estamos enfrentando com esforço máximo?.

Agencia Estado,

16 de novembro de 2002 | 04h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.