Liquida Salvador inclui até acarajé

Cinco mil pontos de vendas e serviços, que vão de lojas de eletrodomésticos a baianas de acarajé, iniciaram hoje na capital baiana a "Liquida Salvador", cujo objetivo é resgatar a credibilidade desse tipo de promoção, oferecendo descontos entre 15% e 70%. As 2.300 quituteiras cadastradas na Associação das Baianas de Acarajé, por exemplo, estão dando desconto de até 50%: o acarajé com camarão vendido por R$ 1,50 passou para R$ 1,00 e o simples de R$ 1,00 para R$ 0,50. A promoção dura 12 dias.Hotéis de três, quatro e cinco estrelas estão dando descontos de até 70%. Os motoristas de táxis de duas cooperativas oferecem 15% a menos no valor das corridas. João Santana, que faz ponto próximo a um shopping no centro, disse que dobrou seu movimento pela manhã por causa da promoção. "Fiz oito viagens quando nos dias normais faria no máximo quatro", disse.O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) da Bahia, Fidel Fernandez acredita que haverá um aumento de 30% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo ele, os produtos oferecidos não são apenas do chamado "ponta de estoque", mas praticamente todos os itens das lojas. A promoção do evento custou R$ 700 mil ao CDL que conseguiu do governo do Estado parcelar em três meses o pagamento ICMS.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.