Litoral do PR registra aumento de casos de diarréia

O aumento exagerado de casos de diarréia em Antonina, no litoral do Paraná, está preocupando as autoridades da Saúde. Em uma semana, foram registrados 250 casos, número muito superior ao que normalmente é observado no verão, segundo a secretaria municipal de Saúde, Neide Cardoso Fernandes. Somente hoje cerca de 50 pessoas procuraram assistência hospitalar. A maioria dos casos tem sido tratado com soro oral, enquanto 25% precisam de soro injetável, mas ainda não houve necessidade de internamento.Os resultados dos exames realizados na água, frutos do mar e material coletado das pessoas que apresentaram os sintomas devem ser conhecidos amanhã. Segundo o diretor do Centro de Saúde Ambiental, da Secretaria Estadual de Saúde, Antonio Carlos Setti, nenhuma das hipóteses está descartada, inclusive cólera. No entanto, diferente do que ocorre num quadro de cólera, a diarréia tem passado rapidamente depois do tratamento com soro, não chegando à desidratação forte. A secretária municipal de Saúde disse que os bairros mais atingidos são Batel e Portinho, além de parte do centro da cidade. Segundo ela, os sintomas são fraca dor na cabeça e na nuca, calafrio e diarréia. Dos casos atendidos no hospital, 90% atingiram adultos. Até agora não foi registrado nenhum caso mais grave, mas o temor é de um surto. Por isso, todos os moradores estão sendo orientados para fazer limpeza nas caixas-d?água e para reforçar a higiene com os alimentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.