Litoral norte recebeu 15% a mais de turistas no carnaval

Pelo menos um 1,3 milhão de turistas passaram o carnaval nas praias do litoral norte. O balanço das prefeituras das cidades de Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela revela que neste ano o volume de visitantes foi cerca de 15% maior que no ano passado. "O sol colaborou muito, é o grande aliado", argumentou o secretário de turismo de Caraguatatuba, Ricardo Ribeiro. A cidade recebeu 350 mil turistas desde a última sexta-feira.Em Ilhabela a secretaria de turismo do município estima que 62 mil pessoas tenham passado o carnaval na cidade lotando os cerca de 100 hotéis e pousadas. "O balanço só será fechado no domingo, já que muita gente decidiu esticar a folga por causa do bom tempo", informou o secretário municipal de turismo Ricardo Fazzini.Segundo a Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) no período do carnaval 18 mil carros passaram pela travessia de balsa entre São Sebastião e Ilhabela. Até o final da tarde desta quarta-feira 14 mil tinham retornado. A Dersa estima que pelo menos mil veículos de turistas permaneçam na ilha até domingo. Hoje à tarde, o tempo de espera de quem voltava da ilha era de cerca de uma hora e meia. O pior dia foi no sábado, quando uma das seis embarcações quebrou e obrigou os turistas a esperarem cerca de três horas pela passagem.LixoCom tanta gente transitando entre as cidades litorâneas e as praias, os maiores problemas foram o trânsito e as toneladas de lixo deixadas nas ruas e praias. Em Caraguatatuba foram 230 toneladas por dia, quando o normal são 75 toneladas. Só na praia de Itamambuca, em Ubatuba, em um dia voluntários e moradores retiraram cerca de 12 toneladas.TrânsitoEngarrafamentos e longas esperas em trechos curtos foram comuns. Em Ubatuba, passar pela Praia Grande e seguir até a praia das Toninhas exigia cerca de uma hora. Em dias comuns, o trajeto de cinco quilômetros é feito em menos de dez minutos. Nos restaurantes e padarias também era comum esperar em uma longa fila para pagar a compra.Apesar dos transtornos comuns ao feriado, as prefeituras das quatro cidades fizeram um balanço positivo dos cinco dias de folia. "A maior preocupação era com o fornecimento de água e de energia e não tivemos nenhum registro de ocorrências graves.", disse o secretário de Turismo. Câmeras de monitoramento colaboraram com a segurança dos foliões na praia de eventos de Caraguatatuba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.