Litoral paulista tem 35 praias e um rio impróprios para banho

Segundo a Cetesb, alta temporada e chuvas são as principais causas da poluição fecal nas praias

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

07 de janeiro de 2009 | 16h58

O litoral de São Paulo tem 35 praias e um rio impróprios para banho, segundo último boletim semanal divulgado pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) na tarde desta quarta-feira, 7. Todas as praias de Santos estão poluídas.   Segundo a Cetesb, a alta temporada e as chuvas que atingiram parte do litoral nos últimos dias são as principais causas da poluição fecal nas praias. O monitoramento foi realizado entre os dias 4 e 7 de janeiro nos 15 municípios litorâneos do Estado de São Paulo, exceto Cananéia. As amostras foram encaminhadas para análises microbiológicas para a identificação de coliformes fecais. A Cetesb monitora 136 das 295 praias do litoral de São Paulo. Segue a relação das praias com más condições de balneabilidade:   Ubatuba: Itaguá, Toninhas, Perequê-Mirim e Rio Itamambuca   Caraguá: Prainha   São Sebastião: Arrastão, Boraceia e Pontal da Cruz   Ilhabela: Armação, Siriúba, Itaguaçu, Pinto, Viana e Perequê   Santos: Ponta da Praia, Boqueirão, José Menino, Aparecida, Gonzaga e Embaré   Guarujá: Perequê   Praia Grande: Canto do Forte e Flórida   São Vicente: Milionários, Gonzaguinha e Itararé - Posto 2   Mongaguá: Santa Eugênia e Agenor de Campos   Itanhaém: Centro, Jardim Cibratel, Balneário Gaivota, Estância Balneária e Jardim São Fernando.   Peruíbe: Peruíbe - Avenida São João, Peruíbe - Parque Turístico, Peruíbe - Balneário São João Batista  

Tudo o que sabemos sobre:
verão2009verão 2009praiaslitoral

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.