Loja de carros é incendiada no Vale do Paraíba

Uma loja de carros foi incendiada na madrugada desta segunda-feira, 31, na cidade de Lorena, no Vale do Paraíba. O fogo começou por volta da meia noite e meia. Um coquetel molotov (bomba de fabricação caseira) foi lançado contra os veículos provocando o incêndio.Sete carros e duas motos ficaram completamente destruídos. O fogo chamou a atenção dos vizinhos que moram no bairro Epacaré. Eles pediram socorro ao Corpo de Bombeiros e ajudaram a apagar o fogo. Foram duas horas até que as chamas fossem completamente apagadas. Aborrecido e muito preocupado com a onda de violência o dono do estabelecimento, mesmo no anonimato, não quis falar sobre o assunto. "Não tenho inimigos", resumiu. Ele estima que o prejuízo seja de cerca de R$ 50 mil. Os vizinhos, assustados, falaram do desespero na hora de apagar o fogo. "Foi uma correria, todo mundo gritando, com medo de explosão", disse Marcos Rocha. Os boatos eram de que o atentado teria sido praticado por ordem dos presos da cadeia do município, para que a polícia desviasse a atenção da cadeia.A polícia civil de Lorena confirmou a ligação entre os dois crimes. Na madrugada de segunda-feira os presos tentaram fugir das celas e a fuga foi frustrada pelos carcereiros. Houve tiros e três bandidos ficaram feridos. Revoltados com o impedimento, os detentos tentaram impedir a entrada de policiais nas celas. Mesmo assim, durante a manhã, a Polícia Militar entrou nas quatro celas - onde há 91 homens - e deu início a uma revista. Além de celulares e cordas feitas de lençóis foram encontradas porções de maconha e estiletes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.