Lorscheider defende redução da maioridade penal

O cardeal de Aparecida do Norte (SP), Dom Aloísio Lorscheider, defendeu hoje a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos e maior rigor na aplicação da lei contra a criminalidade. De acordo com o cardeal, as leis estão muito brandas e o que está acontecendo com a violência em São Paulo é uma "crueldade". Segundo Lorscheider, muitos "adolescentes sabem o que estão fazendo", por isso ele defende a redução da maioridade penal.O cardeal lembrou que o governo de São Paulo tem grande responsabilidade em relação a segurança do Estado. "O governo ou a própria sociedade podem tomar uma atitude. Está na hora de fortificar a segurança nacional e a segurança dos Estados", afirmou o cardeal, que está reunido com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Palácio do Planalto. Segundo Lorscheider, ele veio convidar o presidente a participar do Primeiro Centenário da Coroa de Nossa Senhora, em 8 de setembro do próximo ano. Lorscheider disse que será inaugurado na ocasião um heliporto que está sendo construído em Aparecida no terreno do santuário. Esta é a primeira vez que o cardeal se reúne com Lula, desde que o presidente assumiu o cargo. As informações são da Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.