Lotação bate, capota e fere oito

Na tentativa de ultrapassar um ônibus, uma perua Sprinter que fazia lotação entre Santana e o Jardim Corisco, na Zona Norte, acabou se acidentando e ferindo oito passageiros, três dos quais se encontram em estado grave. O motorista, conhecido apenas pela alcunha de "Sãopaulino" fugiu, abandonando a lotação número 4709, que havia capotado.O fato aconteceu às 0h20 de hoje, na Av. Água Fria, próximo à esquina da Rua Aureliano Leal, em Santana. Segundo passageiros que apenas sofreram escoriações e testemunhas, no momento que tentava passar o coletivo, ultrapassando a faixa divisória das pistas, o motorista da Sprinter de placa CTB-2198, foi surpreendido por outro veículo em sentido contrário. Ao tentar voltar para trás do ônibus, um dos pneus bateu em um buraco e a van, em alta velocidade, subiu na calçada e arrancou o portão de ferro de uma loja de autos. Avançou cerca de 50 metros, bateu na traseira do Gol vermelho de placa DAL-1854, dirigido pelo comissário de vôo Cláudio Aprile Jr., de 22 anos, e acabou tombando.Dos 14 passageiros, oito sofreram ferimentos e foram levados para os hospitais Mandaqui, São Camilo, Vila Maria, São Paulo e PS de Santana. A mais grave, segundo as primeiras informações seria Rosa Soares dos Anjos, de 40 anos, que sofreu traumatismo craniano, e está internada no Hospital do Mandaqui. Lá também se encontram sua filha Cristiane Andrade, de 24, com fratura exposta no punho, e Jefferson Luiz Piaba, de 20, que teve um braço fraturado. A mãe dele, Maria da Glória Piaba, que também tem ferimentos, foi levada ao Hospital de Vila Maria.O cobrador do lotação foi levado por policiais civis ao 20º DP - Água Fria para identificar o motorista. Todos foram unânimes em afirmar que ele dirigia em velocidade incompatível para o local e que estava tentando ultrapassar o ônibus para chegar antes ao ponto a fim de apanhar mais passageiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.