Lotação invade forró e fere seis em São Paulo

Descendo a Avenida Senador Teotônio Vilela, no bairro de Cidade Dutra, na Zona Sul da capital paulista, pouco antes das 2h da madrugada deste sábado, um microônibus que fazia lotação desgovernou-se e subiu na calçada, à altura do número 7.000 daquela avenida. Atropelou um pipoqueiro e invadiu uma barraca onde acontecia um forró e feriu mais cinco pessoas. Apenas uma das vítimas sofreu lesões consideradas leves. As demais foram socorridas em hospitais da região.O rapaz que dirigia o lotação, que fazia a linha 6084 (Chácara do Sol-Santo Amaro), provavelmente não tinha habilitação para esse tipo de transporte, pois, logo após o acidente, abandonou o veículo e fugiu. Para a polícia, é possível que o dono do lotação tenha contratado alguém para executar o serviço em seu lugar. Mas isso só será apurado através das investigações.Testemunhas contaram que o microônibus lotado trafegava em velocidade excessiva. Um cachorro entrou na frente e o motorista tentou desviar, mas foi impedido por outros veículos. Passou sobre o animal, perdeu o controle e subiu na calçada e invadiu o forró. A barraca, onde aconteceu o acidente, funciona há cerca de quatro anos e recebe, nos finais de semana, dezenas pessoas que gostam de forró. Não tivesse atropelado o pipoqueiro, provavelmente o lotação a invadiria, com maior velocidade, e teria atingindo um número bem maior de vítimas. Sobre o estado dos hospitalizados no Pronto-Socorro do Grajaú, no Hospital Geral da Pedreira e no Hospital Regional Sul ainda não há informações. Guarnições do Corpo de Bombeiros e do resgate providenciaram os primeiros atendimentos e a remoção dos feridos e o inquérito será instaurado no 85º DP Jardim Mirna.

Agencia Estado,

17 de abril de 2004 | 06h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.