Lula admite falta de políticas

"Ainda acho que faltam muitas políticas públicas para que a gente comece a enfrentar o problema da violência", admitiu ontem o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Itamaraty. Na sequência, entrou em contradição ao dizer que "o caminho para solucionar o problema é a educação" e citou que o ProUni, programa que concede bolsas para estudantes pobres em faculdades privadas, já atende 545 mil jovens. O presidente ainda destacou avanços de sua gestão no combate à criminalidade, como o Pronasci e o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), com urbanização de áreas de riscos.

Leonencio Nossa, O Estadao de S.Paulo

22 Julho 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.