Lula afirma que foi o melhor governo para deficientes

O candidato à Presidência pelo PSDB, Geraldo Alckmin, perguntou no primeiro bloco do debate da Rede Record, nesta segunda-feira, para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva por que ele deixou de investir em um programa para os 24 milhões de deficientes físicos do País, ressaltando que seria "verba para um programa tão importante".Antes de responder, Lula falou sobre o desconhecimento dos dados sobre o país e esclareceu que 50% das exportações são de produtos manufaturados, e afirmou que o Brasil vendeu 100 aviões para a China. "Foram aviões, Alckmin, não grãos". Quanto à pergunta de Alckmin, o presidente disse que essa pergunta "não teria efeito" contra ele, porque seu governo foi o que mais criou benefícios para deficientes. "A gente se encontra e vamos juntos perguntar para os deficientes se houve algum governo que cuidou mais dos deficiente do que este", desafiou Lula. O presidente ressaltou que seu governo patrocinou as paraolimpíadas através da Caixa Econômica Federal.Em sua réplica, Alckmin disse que Lula investiu apenas 12% do que era previsto para os deficientes. Para ele, "a realidade é completamente diferente". "Vetou o aumento dos aposentados. Teve R$ 156 bilhões para pagar de juros, mas não tem dinheiro para o reajuste dos aposentados", completou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.