Lula assumirá papel de ''pai dos pobres'' na despedida do poder

Um presidente Lula ainda mais emotivo e contador de histórias vai entrar em campo no segundo semestre. Nas viagens pelo País, Lula falará como o pai que se despede dos filhos e deixará claro que somente a continuidade de seu governo - ou seja, a eleição de Dilma Rousseff - fará a população pobre se sentir menos órfã. A voz embargada do presidente no discurso de comemoração do 1.º de Maio organizada pela CUT foi só o começo do mar de lágrima. Além de Dilma, muitos candidatos petistas também contam com as despedidas emocionadas de Lula. Eles esperam se beneficiar do discurso de que, depois de oito anos, Lula deixará herdeiros nos Estados que replicarão os princípios de "desenvolvimento com redução da desigualdade, distribuição de renda e mobilidade social", atual mantra da pré-candidata petista.

, O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2010 | 00h00

Expansão do metrô será bandeira de Serra

Em resposta ao discurso petista da cooperação entre os governos federal, estadual e municipal, o tucano José Serra ressuscitou o projeto de levar o metrô para Niterói, São Gonçalo e Itaboraí. Promete investimentos, se eleito presidente. Seriam cerca de R$ 2 bilhões da União. Pesquisas qualitativas do PMDB mostram que a população elogia a aproximação do presidente Lula com o governador peemedebista Sérgio Cabral, candidato à reeleição. Serra promete parcerias independentemente de partidos. Cabral não é grande entusiasta dessa nova linha do metrô.

Irmã de João Santana faz campanha do DEM

Depois de alguns trabalhos conjuntos, o marqueteiro da campanha de Dilma Rousseff, João Santana, não tem a colaboração da irmã, Balila. Ela foi contratada pelo candidato do DEM ao governo, Paulo Souto, segundo colocado nas pesquisas. Souto está atrás de Jaques Wagner (PT) e na frente de Geddel Vieira Lima (PMDB).

Xico Graziano deixa o governo

O secretário estadual do Meio Ambiente, Xico Graziano, prepara a exoneração do cargo. Vai se dedicar ao programa de governo de José Serra.

Disputa nacional longe da festa do PV

Embora apoiem Fernando Gabeira, Marina Silva e José Serra não irão ao lançamento da pré-candidatura do deputado verde a governador, amanhã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.