Lula chega a Petrolina e visita desabrigados

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitou um abrigo montado pelo governo para 37 famílias que perderam suas casas por causa das chuvas na região. Acompanhado de seis ministros, Lula chegou à cidade de Petrolina (PE), onde foi recebido pelos governadores Jarbas Vasconcelos e Humberto Souto, este último da Bahia. No local, ouviu explicações dos prefeitos de Petrolina, Fernando Bezerra Coelho, e Joseph Bandeira, de Juazeiro da Bahia, sobre os danos causados pelas chuvas na região.O prefeito de Petrolina disse ao presidente que existem 2.300 pessoas desabrigadas, 134 casas destruídas e mais de 300 danificadas. Segundo ele, foram montados 22 abrigos em escolas nas cidades. "Os prejuízos para recuperação da cidade já passam dos R$ 9 milhões", informou Fernando Coelho. Segundo o prefeito, a chuva durante oito dias impediu o trânsito de cerca mil carretas, a 50km da cidade. Os veículos transportam cargas também para os outros estados do Nordeste. "A safra de manga e uva, que tem Petrolina e Juazeiro da Bahia como os mai ores produtores, já foi prejudicada", acrescentou Coelho, informando que as exportações na região, que chegam a US$ 100 milhões, já registram queda. As informações são da Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.