Lula critica devassa sem culpa formada

O ex-presidente Lula disse ontem no Rio que as operações contra corrupção são "extremamente importantes", mas precisam deixar claro também quem é inocente. "O que eu me queixava quando era presidente e me queixo hoje é que, se você tem dez acusados, oito culpados e dois inocentes, diga que tem dois inocentes e condene os oito culpados. Muitas vezes a devassa é feita antes de provar se as pessoas realmente cometeram todos os delitos."

, O Estado de S.Paulo

10 Agosto 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.