Lula dá como certa reeleição

O presidente e candidato à reeleição, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), voltou a dar como certa sua reeleição, apenas um dia após ter afirmado que ainda era cedo para dizer que a disputa com o tucano Geraldo Alckmin já está decidida. Fortalecido nas pesquisas de intenção de voto, o presidente aproveitou uma visita a Divinópolis, em Minas Gerais, para recuperar o clima de "já ganhou". "Podem ter certeza de que o Brasil será muito melhor, será muito melhor a partir de 2010, quando nós terminarmos o nosso segundo mandato", disse o presidente, após discursar para moradores da cidade e militantes petistas no centro da cidade.Em diversas ocasiões, o presidente falou como se já estivesse garantida sua permanência no comando do governo. Repercussão do debateNa última quinta, logo após deixar o debate realizado pelo SBT, Lula negou sucessivamente que seu bom humor e seu ar confiante estivessem relacionados ao crescimento de seu nome nas mais recentes pesquisas de intenção de voto. Na ocasião, ele afirmou também que o jogo está "em zero a zero" e que a eleição ainda não está decidida.No evento de hoje, Lula também voltou a dizer que fez mais em quatro anos de governo do que seu antecessor Fernando Henrique Cardoso fez oito anos. Ao exaltar realizações na área econômica, como avanço das exportações e o controle da inflação, o presidente disse ter criado as condições para que o País cresça em ritmo mais acelerado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.