Lula decreta 3 dias de luto nacional por mortes em acidente da Gol

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu decretar três dias de luto nacional pela morte dos passageiros e tripulantes do vôo da Gol 1907, segundo nota oficial divulgada pelo Palácio do Planalto neste sábado, 30. A nota fala ainda do "enorme pesar" do presidente Lula com "a notícia do acidente que tomou a vida dos passageiros e tripulantes que voavam de Manaus para Brasília na tarde de ontem". O presidente Lula expressa ainda "sua profunda solidariedade a cada um dos familiares e amigos das vítimas", acrescentando que "o Brasil inteiro está também enlutado no dia de hoje". O presidente apresentou "suas mais sentidas condolências" e explicou que ao decretar três dias oficias de luto nacional, acredita "estar seguro de assim poder expressar a comoção que a queda do vôo 1907 causou à nação brasileira". A nota da Presidência encerra qualquer especulação de que poderiam haver sobreviventes no que está sendo considerado o mais grave acidente ocorrido no Brasil e com maior número de vítimas. A nota do Palácio sugerindo que todos os passageiros e tripulantes morreram no acidente foi divulgada antes de qualquer confirmação da Aeronáutica, da Infraero, da ANAC e da companhia aérea. Leia a íntegra da nota:"Foi com enorme pesar que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu a notícia do acidente que tomou a vida dos passageiros e tripulantes que voavam de Manaus para Brasília na tarde de ontem. Nessa hora de dor e perplexidade com a tragédia, o Presidente da República quer expressar sua profunda solidariedade a cada um dos familiares eamigos das vítimas. Saibam eles que o Brasil inteiro está também enlutado no dia de hoje.Ao apresentar suas mais sentidas condolências, o presidente Lula comunica que decidiu decretar três dias oficias de luto nacional. Está seguro de assim poder expressar a comoção que a queda do vôo 1907 causou à nação brasileira."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.