Lula defende projeto de lei do desarmamento

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu, no discurso de abertura da Conferência das Cidades, em Brasília, o projeto de lei do desarmamento que está em tramitação na Câmara. "O País tem de pensar menos em armas e mais em comida e emprego", disse. Durante o evento, o presidente liberou os parlamentares da base aliada presentes, para que fossem votar o projeto na Câmara. Lula voltou a defender ações na área social, especialmente nas regiões metropolitanas, para melhorar a qualidade de vida e evitar que a população se torne "presa fácil" do narcotráfico e do crime organizado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.