Beto Barata/AE
Beto Barata/AE

Lula descerá a rampa ao som do ''Tema da Vitória'' da Fórmula 1

Música, escolhida pela banda dos Dragões da Independência, foi testada em ensaio para a posse, no Planalto

Lisandra Paraguassu, O Estado de S.Paulo

27 de dezembro de 2010 | 00h00

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva descerá a rampa do Palácio do Planalto pela última vez, ao se despedir do cargo, ao som do Tema da Vitória, de Eduardo Souto Neto - música tradicionalmente associada às corridas da Fórmula 1. Ontem, durante o ensaio geral da posse de Dilma Rousseff, o tema foi testado e aprovado pela banda dos Dragões da Independência, o regimento da guarda presidencial.

A escolha foi feita pelo 1.º tenente Almeida Machado, regente da banda dos Dragões. Indagado se essa seria a música do presidente, o tenente respondeu: "E tem música mais apropriada?"

O ensaio envolveu pessoal das Forças Armadas, Polícia Federal, Polícia Militar do Distrito Federal, Itamaraty, Palácio do Planalto e Congresso. Agentes da PF que farão a segurança do cortejo correram ao lado do Rolls Royce presidencial e do Cadillac que o vice-presidente vai usar.

Ao lado do carro que servirá Dilma estavam 10 agentes mulheres da PF. Em cima de alguns dos ministérios e em outros pontos, atiradores de elite acompanhavam o cortejo simulado.

Todas as etapas foram testadas, com os cenários de sol e chuva. Juliana Rebelo, secretária de Relações Públicas do Senado, foi de novo a dublê de Dilma. Fez o trajeto até o Congresso. A partir de lá, uma servidora do Planalto, Fátima Carmo, a substituiu.

Também foi testada a salva de tiros de canhão. Apenas quatro, mas o suficiente para assustar os curiosos que passavam perto da Esplanada dos Ministérios.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.