Lula deve insistir com Lembo sobre ajuda federal

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reúne nesta sexta-feira, às 11h30, na Base Aérea de São Paulo, com o governador de São Paulo, Cláudio Lembro, quando pretende insistir com a oferta de utilização das tropas federais para auxílio no combate às ações do PCC. O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, deverá estar presente ao encontro. A polêmica em torno do emprego do Exército nas ruas de São Paulo está sendo considerada um jogo de cena, já que o próprio Planalto sabe que Cláudio Lembro não aceitará o oferecimento, de forma alguma, pelas conseqüências políticas deste ato. Está previsto que, depois do encontro, Lula e Lembo sigam juntos da Base Aérea para Barueri, onde visitarão unidades militares que desenvolvem o projeto Soldado Cidadão.Além de o governo de São Paulo não querer que o Exército entre no Estado, o Exército também teme por este tipo de operação. Além de ressaltarem a preocupação do uso político da força nesta briga eleitoral, autoridades militares lembraram que a inteligência estadual e não a federal tem conhecimento completo da real situação de São Paulo. Por isso mesmo, classificam como "uma aventura" a convocação de tropas federais para combater bandidos, já que não possuem um diagnóstico completo da situação para a preparação de suas operações. Os preparativos das tropas federais estão sendo feitos com base em estudos e operações padronizadas para este tipo de missão, uma vez que não possuem uma radiografia completa do crime na região. "Todo o planejamento é feito, mas sem um diagnóstico preciso, o que significa um grande risco para o Exército", advertiu um militar. Ele justificou ainda que não há integração entre as inteligências estadual e federal, que permitiria que fossem repassados dados para que as tropas federais pudessem montar uma operação segura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.