Lula discute com equipe violência em SP

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reúne nesta segunda-feira à tarde com o grupo de coordenação política, no Palácio do Planalto, para discutir as recentes ondas de violência em São Paulo atribuídas ao PCC. Em plena campanha pela reeleição, Lula quer ouvir dos ministros a avaliação também do papel que o governo federal deve exercer diante da opinião pública no enfrentamento da crise da violência. Lula foi informado nesta manhã pelo ministro Márcio Thomaz Bastos sobre a libertação do repórter da TV Globo, Guilherme Portanova. Em conversa por telefone, Bastos fez uma avaliação ao presidente do problema da violência no Estado. O ministro estava em São Paulo e deve participar da reunião.Como o Planalto e os partidos oposicionistas PSDB e PFL travam guerra sobre o assunto, cada um transferindo a responsabilidade no caso para outro, a idéia é discutir o assunto. Também devem participar da reunião no Planalto os ministros Tarso Genro (Relações Institucionais), Dilma Rousseff (Casa Civil), Guido Mantega (Fazenda) e Luiz Dulci (Secretaria Geral), além do vice-presidente José Alencar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.