''Lula é o pai da Nação'', definem moradores da caatinga

Os lavradores dizem que não podem contar nem com o governo estadual nem com as prefeituras. Geraldo Oliveira dá um exemplo: na Emater, órgão de assistência técnica estadual, para tirar 10 kg de milho para plantar, é preciso deixar 20 kg de feijão. "Isso não é ajutório." A Prefeitura de Uiraúna cedeu no ano passado duas horas de trator para a colheita do milho, mas tarde demais, quando ele já estava "seguro" na espiga. "Perdemos a colheita."

, O Estado de S.Paulo

30 de maio de 2010 | 00h00

Em contraste, o governo federal os apoia, afirmam eles. Geraldo define assim o presidente Lula: "É o pai da Nação." Júnior tem uma justificativa simples para votar na candidata do presidente: "Tem que ajudar quem ajuda a gente." Ele conta que sua irmã, que tem um filho de 4 anos, ganha Bolsa-Família e recebeu pelo teste do pezinho. Além disso, Júnior conseguiu comprar sua moto no ano passado, em consórcio, com mensalidades de R$ 125. "Melhorou muito para nós com a entrada desse presidente."

Galego também comprou sua moto, por R$ 4.800, com o salário que ganhou trabalhando na construção da Barragem de Capivara, que abastece seis municípios da região, onde antes faltava água. Ele recebia salário mínimo (na época R$ 480) mais R$ 120 de hora extra. "A obra ajudou muito. Deixou muita gente com moto zero."

As motocicletas converteram-se num sinal da "prosperidade" em muitas zonas rurais pobres do Brasil. No agreste nordestino, elas substituem os tradicionais jumentos como meio de transporte, e os animais são vistos abandonados nas estradas de terra.

A Barragem de Capivara foi construída pelo governo estadual, com verbas federais conseguidas pelo deputado Wilson Santiago (PMDB-PB), que apoia Lula, dizem os moradores. São mais obras assim, como o asfaltamento da estrada que liga Uiraúna a Icó (Ceará), ou a transposição do São Francisco, que eles esperam do próximo governo, para gerar empregos formais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.