Lula fecha com promessa; Alckmin com frases de efeito

O presidente e candidato à reeleição pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva, concluiu sua participação no debate desta sexta-feira, na Rede Globo, falando sobre os planos para o segundo mandato, mostrando comprometimento com a educação. Já o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, finalizou o debate com frases de efeito: "Eu tenho um sonho e não quero sonhar só", "o Brasil pode mais, você pode mais", "domingo é para mudar". Ambos começaram os discursos de encerramento agradecendo à Rede Globo, que organizou o debate, à platéia e aos eleitores.Ao se dirigir ao público de casa, Lula disse que "de um lado está o governo que vocês conhecem. As coisas estão acontecendo neste País. Não preciso ficar prometendo aquilo que os outros prometem. Estamos fazendo e podemos fazer muito mais". Sobre seu segundo mandato, o petista garantiu: "Faremos 300 mil vagas no ProUni (Programa Universidade para Todos) para a gente pobre poder estudar, fazer com que o negro tenha cidadania plena e possa entrar na universidade. A juventude brasileira vai ter todas as oportunidades que perdeu. Vamos fazer acontecer neste País. Vamos colocar R$ 5 bilhões a mais na educação". Lula abordou também a merenda escolar. "Eles falam, falam, falam, mas fui eu quem aumentou a merenda escolar". E ao encerrar, destacou que "um catador de papel pode agora se organizar em cooperativas e o morador de rua não ser achincalhado". "O preconceito que eles têm é muito sério, por isso peço meu voto a vocês".Depois de seus agradecimentos, o tucano destacou que foi bem recebido em todos os lugares onde esteve e pediu votos. "O Brasil não pode continuar no retrocesso, um governo de companheiros, com a patota, com prejuízo para os jovens e mulheres". Ele destacou ainda sua experiência política em 34 anos de vida pública.No fim do discurso, chamou o slogan de Lula: "Não troque o certo pelo duvidoso" de "medroso", e concluiu dizendo que tem certeza de que domingo o eleitor votará pela mudança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.