Lula já começa a discutir estratégia para o segundo turno

O presidente Luiz Inácio Lula voltou ao Palácio da Alvorada após participar no Palácio do Planalto da reunião de coordenação política. Na reunião com os ministros Tarso Genro, das Relações Institucionais, Luiz Dulci, da Secretaria-geral da Presidência, e Guido Mantega, da Fazenda, Lula começou a discutir a estratégia para o segundo turno da campanha à reeleição.A idéia é convocar para os próximos 26 dias de campanha dois petistas considerados fundamentais na definição da estratégia para o segundo turno: os candidatos a governador Marcelo Deda, de Sergipe, e Jaques Wagner, da Bahia, que foram eleitos no primeiro turno. Também deverão reforçar a campanha o governador do Acre, Jorge Viana, além de deputados e senadores petistas.A avaliação feita na reunião é de que o desempenho do PT nas eleições para o Congresso foi bom, apesar das notícias envolvendo petistas em episódios como o do mensalão e o da compra de dossiê contra candidatos Tucanos.A expectativa entre os assessores é de que o presidente Lula fale ainda nesta segunda-feira sobre as eleições presidenciais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.