Lula lamenta comportamento desesperado de desempregado

O porta-voz do Palácio do Planalto, André Singer, disse que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva"lamentou muito" o ocorrido com o desempregado José Antonio Andrade de Souza, que ateou fogo ao seu próprio corpo, hoje, na Praça dos Três Poderes, depois de alegar que desejava uma audiência com o presidente. Lula espera que ele tenha uma rápida recuperação e assim que soube do ocorrido orientou auxiliares para que acompanhassem a situação do rapaz. O porta-voz informou também que uma equipe do doutor Júnio Gama - chefe do serviço médico da Presidência - entrou em contato com o hospital para obter informações sobre a recuperação do desempregado. O porta-voz esclareceu que não há nenhum pedido de audiência de José Antonio registrado. E que, se houver, esse pedido será analisado pelo gabinete pessoal do presidente como todos os demais pedidos de audiência.

Agencia Estado,

13 de abril de 2004 | 20h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.