Lula mantém vantagem de 24 pontos sobre Alckmin

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT, manteve a sua vantagem sobre o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, em 24 pontos. De acordo com a pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira no Jornal Nacional, da rede Globo, Lula tem 62% dos votos válidos, e Alckmin totalizou 38%. Na última apuração, divulgada em 20 de outubro, os porcentuais estavam neste patamar. A pesquisa mostrou ainda que para 86% dos eleitores o voto já é definitivo.Com base nos votos totais, Lula subiu para 58% - estava em 57% - e Alckmin caiu para 35% - estava em 36%. Votos em branco e nulos mantiveram-se em 3% e indecisos também, em 4%. Neste tipo de apuração, a diferença dos dois candidatos é de 23 pontos percentuais.A margem de erro é de 2 pontos para mais ou para menos. A pesquisa, registrada em 20 de outubro no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo número 23351/2006, foi contratada pela Globo Comunicação e Participações. A sondagem foi realizada entre os dias 24 e 25 deste mês com 3.010 eleitores, de 202 municípios de todo o País.Pesquisas mostram diferença acima de 20 pontosEm outra pesquisa divulgada hoje, Lula tem vantagem de 22 pontos de vantagem sobre seu adversário. Segundo o Vox Populi, cuja apuração foi divulgada nesta Quinta-feira pela revista Carta Capital, Lula tem 61% dos votos válidos, o mesmo resultado da pesquisa anterior, divulgada em 19 de outubro. Alckmin também manteve os 39%.A vantagem de Lula sobre Alckmin é maior na pesquisa realizada pelo CNT/Sensus e chega a 26 pontos. Segundo o levantamento, Lula deve obter 63,2% dos votos válidos e Alckmin, 36,8%. Em relação aos índices de rejeição, por sua vez, os dois candidatos apresentaram aumento em relação aos números de fim de setembro. Lula apresentou ascensão de 27,3% para 33,6%. Alckmin, de 41% para 45%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.