Lula não se arrepende de ausência em debate, diz Tarso

O ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, disse nesta terça-feira, 15, em entrevista no Palácio do Planalto, que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não se arrependeu de não ter participado, na quarta-feira, 14, do debate dos presidenciais promovido pela Rede Bandeirantes. "Pelo resultado do debate de ontem, pelo sonífero que representou para a população brasileira, efetivamente o presidente não se arrependeu de não ter participado", afirmou Tarso.Na entrevista, o ministro avaliou que os adversários de Lula se articularam entre eles no debate para fazer ataques ao governo e ao presidente. "Pelo menos na minha pesquisa empírica, as pessoas ficaram com sono, pois o debate não teve tensão, cobrança de posição e afirmação de projetos", disse.Horário eleitoralEle avaliou, ainda, que o primeiro dia de programação eleitoral gratuita na televisão teve o tom esperado. "Heloísa Helena apresentou uma linguagem forte e Geraldo Alckmin, um rol de obras de engenharia", observou. "Se o tom subir, estamos preparados para isso. Mas a experiência política mostra que quem baixa o nível perde votos".Perguntado se Lula fez alguma cirurgia plástica ou aplicação de botox para participar do programa, Tarso brincou: "Quem botou botox fui eu".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.