Lula recebe parabéns de presidente da Líbia

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu os parabéns pela reeleição de Muammar Kadafi, presidente da Líbia. Os cumprimentos deram-se nesta manhã, por meio de telefonema ao Palácio do Planalto, que foi acompanhado pelo ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim. Lula e Kadafi deverão encontrar-se pessoalmente nos próximos dias 29 e 30 de novembro, quando deverão se reunir em Abuja, na Nigéria, os líderes da América do Sul e da África. Essa cúpula foi idealizada por ambos os presidentes durante a visita de Lula a Kadafi em Trípoli, na Líbia, em dezembro de 2003. Naquela ocasião, Lula pretendia convencer Kadafi a participar da cúpula da América do Sul e do Mundo Árabe, que deu-se em maio de 2005. Kadafi não acedeu, foi uma das grandes ausências do encontro e insistiu na proposta de um evento mais amplo, entre líderes latino-americanos e africanos. No meio-termo, ambos acataram a idéia da Nigéria de realizar uma cúpula da América do Sul e da África. Nesta manhã, o presidente Lula também foi cumprimentado pelo presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, e pelos primeiros ministros Tony Blair, da Inglaterra, e José Luís Rodríguez Zapatero, da Espanha. Está previsto que o presidente Lula converse também por telefone com os presidentes da Argentina, Néstor Kirchner, e da Colômbia, Álvaro Uribe, que também foi reeleito neste ano. Em princípio, poderá atender também seus colegas Hugo Chávez, da Venezuela, e Evo Morales, da Bolívia. O presidente Lula poderá vir a encontrar-se com esses colegas sul-americanos e com Zapatero, entre outros, se decidir participar na 16ª Cúpula Ibero-americana, que se dará neste final de semana em Montevidéu. Essa decisão seria de última hora. Sua participação ainda não foi confirmada pela assessoria de imprensa do Palácio do Planalto.

Agencia Estado,

31 de outubro de 2006 | 18h36

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõeseleições 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.