Lula responsabiliza Berzoini pela contratação de envolvidos com dossiê

O presidente e candidato à reeleição pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva, responsabilizou nesta segunda-feira, 25, o presidente nacional do PT e ex-coordenador de sua campanha, Ricardo Berzoini, pela contratação dos envolvidos na tentativa de compra do suposto dossiê que vincularia tucanos à máfia das sanguessugas."Assim que é a vida humana. Você escolhe um companheiro para determinada função. No caso do pessoal que cuidava da pseudo-inteligência da minha campanha nem fui eu que escolhi. Quem escolheu foi o presidente do partido, que era o coordenador da campanha eleitoral", disse Lula em entrevista concedida às rádios Tupi do Rio e de São Paulo e à rádio Capital de São Paulo.AlopradosNa entrevista, Lula chamou os assessores envolvidos nesse escândalo de "um bando de aloprados". E disse, mais uma vez, que não errou na escolha dos assessores diretos. "Não admito que errei em escolher os meus pares. Ou seja, tem tanta gente que casa e depois de um ano descobre que a mulher não era a mulher ideal. Mas namorou seis, sete, oito, nove ou dez anos e depois descobre que não deu certo. Isso faz parte da vida", reiterou. A entrevista às rádios não foi divulgada na agenda do candidato nem na do presidente da República. Ela só foi incluída na agenda de campanha, horas depois de ter sido concedida.Além de responsabilizar Berzoini pela escolha dos colaboradores que se envolveram no escândalo do dossiê Vedoin, Lula disse que quer saber a origem do dinheiro: "Eu quero saber não apenas de onde veio o dinheiro. Eu quero saber quem foi que montou a engenharia política para essa barbárie que foi feita. Eu quero saber quem é o engenheiro que arquitetou uma loucura dessas".E continuou: "Se um bando de aloprados resolveu comprar um dossiê, é porque alguém disse para eles que esse dossiê deve ter coisas do arco da velha. Então eu não quero saber apenas de onde veio o dinheiro. Quero saber o conteúdo que levou essas pessoas a cometer a barbárie. Eu quero saber o conjunto da obra", finalizou o presidente.

Agencia Estado,

25 de setembro de 2006 | 11h46

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõeseleições 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.