Luma diz ter sido vítima de disputa comercial

A modelo e atriz Luma de Oliveira quebrou o silêncio. Em sua primeira entrevista após a separação com o empresário Eike Batista no programa Fantástico, ela negou ter traído o marido com o bombeiro José Albucacys de Castro Júnior, apontado como pivo da crise no casamento de Luma. ?Sempre honrei meu casamento, sempre vivi para a casa?, disse.Luma foi enfática também ao afirmar nunca ter passado qualquer mensagem de texto para o celular do capitão Albucacys. ?Nunca tive nada com ele, nosso relacionamento foi profissional. Nunca passei mensagens para ninguém. Isso é coisa de adolescente?, afirmou. Atualmente, a modelo processa o bombeiro por injúria e difamação. Ele revelou outra versão para as mensagens terem sido divulgadas à imprensa. Segundo a modelo, há um plano para prejudicá-la por causa do calendário, que é parte de um projeto chamado "Anjos do Brasil" que retrata personagens de várias profissões. ?Teve interesse comercial, alguém por trás dele deve tê-lo induzido a me incriminar de alguma forma.?A acusação foi divulgada na mesma semana em que o bombeiro encaminhou uma carta ao advogado de Luma, Michel Assef em que afirma ser vítima deuma disputa comercial. ?Receio Ter sido usado numa disputa comercial envolvendo os interesses dos calendários ?Heróis do Rio? e ?Anjos doBrasil?, anteriormente produzidos pelo senhor Márcio Gomes e agora por sua cliente Luma de Oliveira?, diz a carta revela no programa. Procurado, o empresário negou ser autor das mensagens. A modelo fez questão de explicar que seu casamento apenas sofreu o desgaste dos 13 anos que ficaram juntos, apesar do amor não ter acabado. ?O que aconteceu com meu casamento é o que acontece todo dia com João, Maria, José. Houve um desgaste natural do tempo?, disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.