Luz fica 4,7% mais barata para 2,3 milhões no estado do Rio

Redução dos custos de geração permitiu índice negativo de reajuste

Maíra Teixeira, da Central de Notícias,

18 de março de 2010 | 22h30

Cerca de 2,3 milhões de consumidores de 66 cidades do Rio de Janeiro tiveram redução média de 4,7% na conta de luz.

 

 Eles são atendidos pela distribuidora de energia Ampla e tiveram as tarifas reajustadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), desde segunda-feira, 15.

 

Segundo a Aneel, os percentuais aprovados de reajuste das distribuidoras refletem, entre outros fatores, a variação do IGP-M, índice previsto no contrato de concessão para mensurar a inflação no período e o aumento do custo de encargos do setor, como a Conta de Consumo de Combustíveis (CCC), por exemplo.

 

No caso da Ampla a redução dos custos de geração, especialmente no contrato com Itaipu, permitiu um índice negativo de reajuste.

 

Os municípios de Niterói, Teresópolis, Petrópolis, Cabo Frio e Saquarema estão incluídos na redução do custo.

 

Tudo o que sabemos sobre:
luzenergiacontaRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.