Madonna chega hoje e pode visitar projeto social em favela do Rio

A espera por Madonna acaba hoje. A rainha do pop desembarca no Aeroporto Antonio Carlos Jobim, no Rio, de jatinho particular acompanhada dos três filhos e segue para o Copacabana Palace, provavelmente de helicóptero. Nos cinco dias em que ficar na cidade, Madonna pode visitar um projeto social em uma favela do Rio. O convite foi feito pelo governador Sérgio Cabral, que assistirá ao show no domingo na tribuna de honra com amigos, como os governadores Aécio Neves e Paulo Hartung. "Sou fã da Madonna. Assisti ao show dela no Maracanã há 15 anos. Depois, fui a outros, em Los Angeles e em Nova York", disse ontem. Segundo a assessoria do governador, Madonna ainda não confirmou a visita ao projeto, mas se mostrou interessada. Cabral também sugeriu que ela sobrevoasse a cidade de helicóptero e fosse até Angra. Os dois vão se encontrar no domingo. Ontem, cem pessoas trabalhavam na montagem do palco no Maracanã. O gramado foi coberto com blocos de borracha. Três guindastes estão sendo usados para erguer a estrutura do palco com 83 metros de largura e 42 metros de profundidade. Uma passarela de 17 metros liga o palco principal a outro mais avançado.

Márcia Vieira, RIO, O Estadao de S.Paulo

12 de dezembro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.