Madrasta e pai suspeitos de torturar criança são presos em Salvador

Garoto apresentava, entre outros ferimentos, marcas de queimaduras nas mãos e nos pés

Priscila Trindade, Central de Notícias

04 Novembro 2010 | 12h25

SÃO PAULO - A madrasta e o pai de um menino de 7 anos foram presos nesta quarta-feira, 3, em Salvador (BA) acusados de torturar a criança. O garoto apresentava, entre outros ferimentos, marcas de queimaduras nas mãos e nos pés, segundo a Delegacia Especializada de Repressão a Crimes contra a Criança e o Adolescente (Derca). A polícia investiga há quanto tempo a criança sofria as agressões. O menino passou por exames no Instituto Médico-Legal (IML) e foi levado ao Juizado da Infância e da Juventude.

Mais conteúdo sobre:
crime tortura madrastra criança BA

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.