Madrugada de violência na zona sul do Rio

Duas pessoas morreram e sete ficaram feridas em mais uma madrugada violenta no Rio de Janeiro. Um grupo de aproximadamente 60 traficantes da favela do Vidigal promoveu uma falsa blitz na Avenida Niemeyer, que beira a favela, em São Conrado, na zona sul, e roubaram quatro carros e duas kombis. Segundo a polícia, o objetivo dos bandidos era invadir a Rocinha, que fica próxima ao Vidigal, para tomar pontos de venda de drogas. Nessa falsa operação, uma mulher morreu e cinco outras pessoas foram baleadas. Com os veículos roubados, os bandidos se dirigiram para a Rocinha. Nesse momento, policiais militares já os perseguiam. Segundo testemunhas, esse grupo já chegou à favela atirando. Uma pessoa morreu e duas foram atingidas pelos disparos. Eles estavam em um clube onde acontecia uma roda de pagode. Cem policiais ocuparam a favela no início da manhã em busca dos traficantes. Os feridos foram encaminhados ao Hospital Miguel Couto.

Agencia Estado,

09 de abril de 2004 | 09h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.