Mãe abandona filha dentro de carro e é presa no carnaval do MS

Testemunha disse que a criança estava "visivelmente apavorada"; policiais forçaram o vidro e retiraram a menor

João Naves de Oliveira, de O Estado de S.Paulo

05 de fevereiro de 2008 | 14h24

Angelita Alfonso Silva, 26, trancou a filha de quatro anos de idade dentro do carro para ir pular carnaval. O veículo foi estacionado na Praça Popular, centro do município de Jardim em Mato Grosso do Sul, a 226 quilômetros de Campo Grande, onde populares ouviram o choro alto da criança e chamaram a Polícia Militar, por volta de 2h da madrugada de nesta terça-feira, 5. Os policiais forçaram o vidro de uma das portas traseiras do carro e retiraram a menor, levando-a para a cabine de som da praça onde acontecia a folia e chamou através dos alto-falantes, Angelita. Ela foi detida e levada para a Delegacia Central de Polícia Civil de Jardim, sendo indiciada por abandono de incapaz. Pagou fiança e foi liberada. Segundo Erenice da Conceição Rodrigues Mendes, 37 anos, uma das testemunhas a criança estava "visivelmente apavorada", situação que obrigou ela e algumas pessoas a tomar providências. Na delegacia, Angelita disse que estava "brincando o carnaval", com Rubens Peixoto Vieira, 50 anos, "mas toda hora eu ia ver a menina. Além disso, deixei uma pessoa cuidando dela". A menor foi entregue ao Conselho Tutelar, e segundo o conselheiro Vandir Nogueira, 57 anos, será entregue a avó de Angelita com atestado de guarda da criança "caso ela tenha condições para tanto". A avó reside em Campo Grande e não quis revelar o nome, mas afirmou que "eu tenho todas as condições de cuidar da minha netinha".

Tudo o que sabemos sobre:
Carnaval 2008carroabandono

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.