Mãe acusada de agredir filho obtém habeas corpus

O Tribunal de Justiça de São Paulo concedeu nesta quinta-feira um habeas corpus a Sara Alvarenga, acusada de participar da agressão aos dois filhos, em Campinas, interior paulista. Em 3 de fevereiro, o marido de Sara, Alexandre Alvarenga, atirou o filho do casal, de um ano, contra o pára-brisa de um carro em movimento e em seguida bateu a cabeça da filha, de seis anos, contra uma árvore, depois de se envolver em um acidente de trânsito.Em depoimento à Justiça, no dia 26 de fevereiro, o casal alegou não se lembrar do que acontecera no dia do crime. Alvarenga está no Hospital de Custódia do Estado, a pedido do advogado, Luiz Henrique Cirilo, transferido, no início do mês passado, do Complexo Penitenciário de Hortolândia.Sara deverá voltar para a casa dos pais, em Campinas, onde estão os dois filhos, sob guarda provisória dos avós maternos. Segundo o promotor de Campinas, Marcos Tadeu Rioli, não há restrição criminal à aproximação de Sara e seus filhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.