Mãe biológica espera ganhar abraço de Roberta

O delegado titular da Delegacia Estadual de Investigações Criminais de Goiânia (Deic), Antônio Gonçalves, entregou à dona de casa Francisca Maria Ribeiro, documentos com o resultado do exame de DNA, que comprovam ser ela a verdadeira mãe de Roberta Jamilly, levada da maternidade em Goiânia, no dia 4 de março de 1979. Francisca recebeu também a comparação das fotos feita pela polícia durante as investigações. ?Graças a Deus que ela está viva. Mas vou esperar que ela me procure. Não quero forçar nada. A decisão é dela. Afinal, ela não tem culpa?, disse a dona de casa. Francisca disse ainda que tudo o que mais deseja agora é poder ganhar "um abraço apertado da filha". Roberta Jamilly foi registrada por Vilma Martins Costa e pelo marido, Osvaldo Martins Borges, em 1997, no 1º Cartório de Registro Civil, em Goiânia. Na certidão de nascimento, consta que ela teria nascido em 5 de março de 1981, em Itaguari.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.