Mãe é acusada de jogar filho de 4 anos de prédio em Minas

Após atirar a criança pela janela, ela caiu e sofreu ferimentos; mulher de 25 anos teria confessado o crime

Fabiana Marchezi, da Central de Notícias,

18 de maio de 2009 | 14h57

Uma mulher de 25 anos é acusada de ter jogado o filho de 4 anos pela janela do segundo andar do prédio onde moram, no bairro Veredas, em Itaúna, Minas Gerais, no domingo, 17. O menino foi levado para o Hospital João 23, em Belo Horizonte, em estado grave. Ele sofreu traumatismo craniano, quebrou uma das pernas e teve diversos ferimentos no corpo. A mãe teria confessado o crime.

 

Após atirar a criança pela janela, Tharlene Alminda Nogueira Drumond Magalhães saiu desorientada pela rua, tropeçou, caiu e se machucou. Ela foi encontrada ferida e muito nervosa e acabou internada no Hospital Manoel Gonçalves, em Itabuna, sob escolta de policiais militares.

 

O pai do menino contou que não estava em casa quando o filho caiu da janela, segundo a Polícia Militar. Ele disse ainda que a mulher não estava bem psicologicamente e tinha uma consulta marcada em um hospital psiquiátrico para esta segunda-feira, 18. Tharlene foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio. O caso está sendo investigado pela Delegacia da Criança e do Adolescente da cidade.

Mais conteúdo sobre:
crimeprédiomãefilhoMG

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.