Mãe e filha são mortas dentro de casa no Jardim Europa

Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investigam as mortes de mãe e filha no interior de um sobrado na Rua França, nº 124, no Jardim Europa, bairro de classe alta, na região Sudoeste da capital paulista. Maria Aparecida Fonseca Smith, de 85 anos, morreu carbonizada sobre a cama, com pés e mãos amarrados. A filha, Miriam Fonseca Smith, 61, foi ferida com 4 tiros, todos no peito, e morreu próximo à entrada do quarto onde a mãe estava morta.Eram 20h30 quando o guarda noturno sentiu um fortecheiro de queimado na rua quando fazia o patrulhamento rotineiro e percebeu que muita fumaça saía da andar superior do quarto. Homens do Corpo de Bombeiros foram acionados e, ao entrarem no sobrado, encontraram Miriam caída. Ainda levaram-na para a garagem, pensando que ela estivesse viva.A delegada Renata Correa, do 15º Distrito Policial, do Itaim Bibi, relatou à imprensa que pelo menos 65 pequenas latas de querosene, todas fechadas, foram encontradas espalhadas pela casa; outras estavam abertas e queimadas. Uma carta, sem data nem destinatário e supostamente escrita por Miriam, foi encontrada próximo ao corpo da mulher, cuja mãe sofria de Mal de Alzheimer, era viúva. O conteúdo da carta continha um tom de desabafo e palavras de quem não estava mais suportando a vida que levava; mas em nenhum momento a pessoa que a escreveu deu a entender que planejava matar alguém ou então cometer suicídio, segundo a delegada. Maria Aparecida estaria dando muito trabalho à filha, de acordo com outro trecho do manuscrito.Nenhuma arma foi encontrada dentro do sobrado, cujas entradas e saídas não apresentavam sinais dearrombamento. Aparentemente nada foi roubado. O interior da casa mostrava que as pessoas que lá viviam já não se preocupavam muito com a conservação do imóvel. A dispensa e geladeiraestavam praticamente vazias segundo relato da perícia.Foi lavrado na Delegacia do Itaim Bibi um boletim de ocorrência de mortes a esclarecer. A hipótese de que alguém teria matado mãe e filha e forjado alguns detalhes da cena do crime não foidescartada pela polícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.