Mãe é presa ao jogar filha contra carros

A dona de casa Maria Aparecida Fernandes de Lima foi presa, nesta sexta-feira, no município de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, sob a acusação de tentar matar a filha, de quatro anos, empurrando-a para o meio de uma avenida de trânsito intenso. Detida por populares, a mulher foi levada até a Delegacia Regional de Petrolina, onde prestou depoimento e foi indiciada pelo crime de tentativa de homicídio. De acordo com o delegado Luiz Bezerra, Maria Aparecida apresentava sinais de embriagues e desequilíbrio mental. "Ela disse que não sabia porque tinha empurrado a menina para o meio dos carros, mas também não fez nenhuma referência ao fato de ter ou não se arrependido. Os sinais de embriagues e desequilíbrio eram evidentes", justificou o policial. O crime aconteceu no bairro de João de Deus, na periferia da cidade. O tráfego de carros e caminhões no local é intenso porque há uma feira livre e outros pontos comerciais de grande movimento. Revoltados com a atitude de Maria Aparecida, diversos moradores da região foram até a porta da delegacia protestar. Alguns mais exaltados ameaçaram linchar a mulher. Após prestar depoimento, Maria Aparecida foi encaminhada para a cadeia pública de Petrolina e ficará a disposição da Justiça. A garota está sob os cuidados do Conselho Tutelar e será encaminhada a promotoria da Infância e Adolescência.

Agencia Estado,

10 Fevereiro 2006 | 21h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.