Mãe é presa após matar o filho durante churrasco de Páscoa

Alegando legítima defesa, ela contou que filho era viciado em drogas e já a havia ameaçado diversas vezes

Fabiana Marchezi, Central de Notícias

13 de abril de 2009 | 15h22

Uma mulher de 60 anos foi presa em flagrante na tarde de domingo, 12, após matar o próprio filho com dois tiros no pescoço na casa da família na Vila Assunção, um bairro nobre de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

 

De acordo com a Polícia Militar, Flávia Costa Hahn teria matado Tobias Lee Manfred Hahn, de 24 anos, durante um churrasco da família em comemoração à Páscoa. Após ser detida, a mulher alegou legítima defesa. Segundo vizinhos, o jovem pegou uma faca de churrasco e partiu para cima da mãe, que foi atingida no braço direito e conseguiu correr até um dos quartos, onde encontrou a arma.

 

Em seu depoimento, a mãe contou que o filho era viciado em drogas há oito anos e já a teria ameaçado por diversas vezes, o que teria motivado o pai dele a comprar uma arma e guardá-la em casa. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Investigação Criminais da Polícia Civil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.