Mãe mata filho a tiros e diz que ele estava envolvido com drogas

Uma mãe matou um filho a tiros nesta quarta-feira, em Porto Alegre, num crime que chocou os moradores do bairro Restinga Velha. Lurdes Aparecida Dias, de 41 anos, confessou o assassinato ao delegado Rosalino Seara e disse que sua atitude foi um ato de desespero por ver o filho, Fábio Moraes Dias da Silva, de 21 anos, envolvido com drogas. No depoimento, ela disse que o rapaz já havia sido internado algumas vezes, mas sempre retornava ao vício e estava vendendo objetos da casa para comprar drogas. No início da tarde, ao entrar em casa, Fábio discutiu com a mãe e trancou-se no banheiro. Com a arma do pai do rapaz, um ex-policial militar, Lurdes disparou cinco tiros. Dois acertaram o jovem, que foi levado ao posto médico do bairro, mas não resistiu aos ferimentos. A mãe responderá inquérito por homicídio doloso em liberdade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.