Mãe mata filho com facada no peito no interior de SP

Cansada das confusões armadas pelo filho, a dona de casa Abenaia da Silva, de47 anos, matou Fabiano Francisco da Silva, de 26 anos. O crime aconteceu em Rancharia, na região oeste do Estado, a 518 quilômetros de São Paulo. Na noite de segunda-feira, 12, mãe e filho, que era dependente químico, voltaram a discutir, como haviam feito das outras vezes.O rapaz, que estava desempregado, costumava roubar pertences da casa onde morava com a mãe, no bairro da Estação, para comprar drogas. Depois da discussão, por volta das 22h30, o rapaz tomou um calmante e foi dormir. A mãe foi até a cozinha, pegou uma faca e a desferiu no peito do rapaz quando ele dormia.Em seguida, foi até a casa de familiares que moram nas imediações e contou o crime. A polícia foi chamada por um irmão de Abenaia, que aguardou a chegada da viatura sentada na sala de casa. Quando os policiais chegaram, ela entregou a faca usada no crime.Em depoimento na Delegacia de Rancharia, Abenaia contou que estava em tratamento psiquiátrico e que matou o filho porque se cansou das ameaças e agressões físicas que ele praticava contra ela havia seis meses. "Ele me batia quando pedia dinheiro pra comprar droga e eu não tinha. Ele já tinha vendido duas TVs, ventiladores, aparelho de som, bicicletas e outros objetos de casa Agora queria vender até as cadeiras da varanda", contou.Segundo ela, "até os últimos R$ 80,00 que eu tinha na bolsa para pagar os compromissos, ele roubou e depois queria mais R$ 30,00 eu disse que não tinha". O depoimento foi dado antes de Abenaia ser levada para a Cadeia Feminina de Presidente Venceslau, onde aguardará julgamento da Justiça. O corpo de Fabiano foi sepultado nesta terça-feira, 13, no cemitério da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.