Mãe mata filho envenenado e é presa em flagrante

Um menino de 1 ano e 6 meses deu entrada com convulsões, às 17h30, no Day Hospital de Ermelino Matarazzo. Morreu pouco depois e os médicos constataram que a criança foi envenenada. A mãe do garoto, Aparecida Carvalho Feitosa, de 25 anos, admtiu à polícia ter dado o veneno para o filho ingerir. Um frasco vazio, com vestígios de veneno, foi encontrado na casa da mulher. Aparecida foi autuada em flagrante por homicídio doloso e alegou sofrer crises de depressão profunda. Afirmou também estar desesperada por encontrar-se desempregada há muito tempo e sozinha, sem condições para sustentar a si própria e ao filho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.