Mãe obriga filho a se entregar por chacina

Forçado pela mãe, um adolescente de 14 anos se apresentou à polícia baiana, por ter participado da chacina que, em 7 de junho, deixou sete mortos em Mussurunga, periferia de Salvador. Nenhuma das vítimas tinha passagens pela polícia. O jovem disse pertencer à quadrilha de Jerry Adriani Correia de Souza, reconheceu outros cinco presos, mas negou ter participado efetivamente do crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.