Mãe que deixou filho em igreja comparece a delegacia no Rio

Suelange afirma que resolveu deixar o filho no local pois estava desempregada e não podia sustentá-lo

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

23 Outubro 2008 | 12h48

Suelange Leal Azevedo, de 31 anos, mãe de um bebê que foi abandonado dentro de uma igreja no Rio, se apresentou à Delegacia de Atendimento ao Turismo (Deat), no Leblon, na manhã desta quinta-feira, 23. O bebê foi encontrado dentro da Paróquia Santa Mônica na última terça-feira, 21.   A mãe, que é moradora de uma rua na subida do Morro Dona Marta, em Botafogo, contou aos policiais que abandonou o filho porque estava desempregada e sem condições financeiras de sustentá-lo.   Suelange disse ainda que procurou o Conselho Tutelar de Laranjeiras, que fez o encaminhamento da criança a um abrigo, mas ela mudou de idéia e resolveu deixar o filho na Igreja, na esperança de ele ser adotado.

Mais conteúdo sobre:
bebê abandonado

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.