Mãe vende filha para comprar crack no RS

A menina, que ainda não foi registrada, foi levada para o hospital para exames e passa bem

Solange Spigliatti, estadao.com.br

11 de julho de 2008 | 12h12

Um bebê de um mês foi usado pela mãe como garantia de pagamento de uma dívida de drogas, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. A denúncia chegou ao Conselho Tutelar da região na tarde de quinta-feira, 10. Segundo o Conselho, uma senhora estava visitando a filha, no bairro de Vila Areia, quando foi abordada por uma mulher, que dizia precisar de R$ 5 para resgatar a filha, que estava em uma casa como garantia para pagamento da dívida. A senhora deu o dinheiro e aguardou o retorno da mãe. Ao voltar, a mãe pediu mais R$ 15 para vender a menina, alegando ser viciada em crack e não ter condições para criá-la. A mulher pagou a quantia pedida e levou a criança para casa, entregando-a ao Conselho Tutelar. A menina, que ainda não foi registrada, foi levada para o hospital para exames e passa bem. Ela aguarda a presença de algum familiar em um abrigo da cidade. A mãe ainda não foi encontrada.

Tudo o que sabemos sobre:
drogascrime contra criança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.